A mulher mais velha da Espanha, María Branyas, de 113 anos, que havia contraído Covid-19 em abril, venceu a batalha contra a doença transmitida pelo novo coronavírus.

María, que vive em um asilo na cidade de Olot, na região autônoma da Catalunha, testou negativo para o vírus nesta segunda-feira (11), segundo sua filha Rosa, que a definiu como “uma mulher forte e positiva”.

Além de María, outras duas centenárias – de 101 e 107 anos de idade – se recuperaram de Covid-19 na Espanha desde o início da pandemia.

*Com informações da Agência EFE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui